A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) foi criada para regulamentar, outorgar e fiscalizar o desenvolvimento das telecomunicações no Brasil. A fim de tornar mais prático e melhorar a qualidade do atendimento de seu serviço, a agência lançou recententemente o aplicativo Anatel Consumidor.

Disponível na Google Play Store e também nas principais lojas virtuais das plataformas rivais (Windows Phone e iOS), a aplicação permite aos usuários o registro e acompanhamento de reclamações contra operadoras de telecomunicações.

Além disso, oferece uma opção de perguntas frequentes para que o consumidor possa tirar uma série de dúvidas a respeito de seus direitos e procedimentos para reclamação. Também há um espaço destinado exclusivamente ao registro de sugestões.

26140735960057

Conforme declarou o presidente da Anatel João Rezende, a agência pretende com este aplicativo aumentar a agilidade e eficiência do atendimento, acompanhando a tendência dos clientes em buscar cada vez mais canais digitais:

“Trata-se de mais uma iniciativa para permitir que o consumidor exerça seus direitos com maior praticidade e rapidez. A nossa intenção é que a internet seja, nos próximo anos, o principal canal de atendimento da Anatel.”

De acordo com os dados da companhia, somente em 2014 a Anatel acumulou um total de 2,8 milhões de reclamações das operadoras de telecomunicações. Neste ano, até o final de maio, o sistema já havia contabilizado mais de 1,5 milhão de reclamações, sendo 63% registradas pela Central de Atendimento Telefônico da Agência (telefone 1331) e 37% pela internet.

Vale destacar que, antes de abrir reclamação contra uma prestadora na Anatel, é necessário tentar pelo menos uma vez resolver o problema diretamente com a empresa contratada. Caso não funcione, basta anotar o protocolo e aí sim entrar em contato com a agência. O prazo para um retorno da operadora é de 5 dias úteis.

Fonte: Anatel